domingo, 2 de março de 2014

Quadrinhos e zoologia parte 3

Histórias em quadrinhos ou gibis (HQs) fazem parte da vida de todos nós. Independente da idade, o fascínio por esse meio de comunicação sobrevive por gerações. Os gibis são muito mais do que histórias de fantasias criadas para entreter crianças. As HQs possuem muitos detalhes, alusões e ideias sofisticadas, e essas abordagens podem ser aproveitadas de diversas formas, inclusive na sala de aula como uma alternativa para despertar o interesse e prender a atenção dos alunos.

Nesse sentido, o professor da disciplina Zoologia de Artrópodos da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Elidiomar Ribeiro da Silva, decidiu inovar na sua abordagem de ensino dos insetos, crustáceos, aracnídeos e miriápodes. Ele propõe aos alunos que escolham um personagem de HQ que tenha sido inspirado em algum artrópode e que façam uma análise das características presentes nesses heróis e vilões. Com isso, ele consegue que os alunos busquem informações sobre a morfologia e comportamento dos animais de uma maneira completamente descontraída.

Isso é feito há mais de dois anos pelo professor e já existe um extenso banco de dados que conta com mais de 150 personagens catalogados. Isso só nos universos DC e Marvel. Dentre os insetos, por exemplo, 93 personagens de composição inspirada em algum hexápodo já foram identificados. Uma análise mais detalhada sobre presença dos insetos nos quadrinhos foi apresentada pelo professor em colaboração com alunos no II Simpósio de Entomologia do Rio de Janeiro (II Entomorio) realizado em setembro de 2013.

Análises foram aplicadas para verificar se a diferença no número de personagens com inspiração em insetos entre às editoras DC e Marvel era significativa e se a diferença no número de heróis e vilões apresentava suporte estatístico. Em ambos os casos o resultado foi não significativo. A diferença do número de heróis e vilões não ser significante foi surpreendente, já que era esperado um número de vilões muito maior que o de heróis uma vez que os insetos costumam ser considerados “nocivos” pelo público em geral (o valor encontrado foi de 47 vilões contra 36 heróis; alguns personagens foram considerados de posicionamento variável, como a Angel (Avengers (Vol. 1) 264 (1986)) e a Jaqueta Amarela (New X-Men (Vol.1) 118 (2001)), e outros de posicionamento indefinido, como a Chrysalis (Justice League Quaterly 17 [1994])).

Quanto à classificação taxonômica, os personagens analisados foram baseados majoritariamente em ordens de Holometabola (Coleoptera, Diptera, Hymenoptera, Lepidoptera, Mecoptera, Megaloptera, Siphonaptera) em relação às demais (Blattaria, Ephemeroptera, Hemiptera, Isoptera, Mantodea, Odonata, Orthoptera, Zygentoma).

Elidiomar e seu grupo concluíram ainda que, apesar do grande número de personagens com inspração em insetos, pouquíssimos são aqueles de reconhecido destaque. Na DC os únicos que podem ser considerados do primeiro escalão são o Besouro Azul II (Ted Kord) e o Besouro Azul III (Jaime Reyes). Na Marvel, merecem destaque apenas o Homem-Formiga I (Hank Pym) e a Vespa (Janet van Dyne). Na sua grande maioria os personagens são secundários, com participações esporádicas ou pontuais.

Abaixo, alguns personagens e suas respectivas inspirações.


Personagem: Hellgrammita (Hellgrammite), Roderick Rose
Editora: DC
Posicionamento: Vilão
Inspiração: Lacrau
Classificação: Ordem Megaloptera
Características entomológicas no personagem: presença de antenas e exoesqueleto; ausência de voo e seis pernas.
Personagem: Mariposa Assassina (Killer Moth), Drury Walker
Editora: DC
Posicionamento: Vilão
Inspiração: Mariposa
Classificação: Ordem Lepidoptera
Características entomológicas no personagem: presença de voo, antenas, e exoesqueleto; ausência de seis pernas.

Personagem: Besouro azul (Blue Beetle), Jaime Reyes
Editora: DC
Posicionamento: Herói
Inspiração: Besouro
Classificação: Ordem Coeloptera
Características entomológicas no personagem:
presença de voo e exoesqueleto; ausência de antenas e seis pernas.



Personagem: Homem Formiga I (Ant-Man), Hank Pym
Editora: Marvel
Posicionamento: Herói
Inspiração: Formiga
Classificação: Ordem Hymenoptera, Família Formicidae
Características entomológicas no personagem: presença de antenas; ausência de seis pernas e exoesqueleto.

Personagem: Libélula (Dragonfly), Veronica Dultry
Editora: Marvel
Posicionamento: Vilão
Inspiração: Libélula ou lavadeira
Classificação: Ordem Odonata
Características entomológicas no personagem: presença de voo e antenas; ausência de seis pernas e exoesqueleto.
Personagem: Vespa (Wasp), Janet Van Dyne
Editora: Marvel
Posicionamento: Herói
Inspiração: Vespas
Classificação: Ordem Hymenoptera
Características entomológicas no personagem: presença de voo e antenas; ausência de seis pernas e exoesqueleto.




O grupo também desenvolveu outros trabalhos analisando a zoologia de um modo geral e os aracnídeos nos quadrinhos, trabalhos esses que também foram apresentados em congressos científicos. Mais informações aqui para a zoologia e aqui para os aracnídeos.

Fonte das fotos:

2 comentários:

Carine Gonçalves disse...

Muito legal!!! Só não consegui identificar as 6 pernas em muitos dos personagens... mas eu sou totalmente ignorante p quadrinhos.. rsrsrsrs...

Gustavo Miranda disse...

Realmente as figuras dos personagens escolhidas para o poster não apresentam 6 pernas, mas todos eles tiveram a representação dessa característica em alguma edição dos quadrinhos.

Poderá também gostar de:

Related Posts with Thumbnails